28 agosto 2006

Opinião: Castelo Branco, cidade de jardins, de repuxos...

Nunca visitei um terminal de autocarros do terceiro mundo, mas quando utilizo o de Castelo Branco, parece que sou transportado para uma cidade qualquer de Marrocos, da Namíbia, do Gabão, ou até da Índia. Num Sábado de Agosto, dia em que muitos emigrantes se preparavam para fazer a sua viagem de regresso a países cujas cidades não têm tantos repuxos como Castelo Branco, a «rodoviária» de Castelo Branco era um caos, não digo dantesco para não cair em lugares comuns, mas lá que parecia o Purgatório parecia...

Uma dezena de autocarros, para além de ocuparem na totalidade aquela rua a que chamamos terminal, entupiram as artérias circundantes, impedindo a circulação viária. Se juntarmos a isto o estado da sala de espera, das casas de banho e das latrinas que fazem lembrar os aposentos dos orcs de Tolkien, apercebemo-nos que a coisa não está lá muito bem pensada.

Quais as principais áreas em que uma cidade como Castelo Branco tem de apostar para se desnevolver? Atrair indústria e investimento, dispor de boas redes viárias e de bons transportes... mas confesso que nunca estive em nenhum terminal de autocarros tão mau como o de Castelo Branco.

Pergunto-me o seguinte: para quê o investimento em túneis mais modestos que os de parques de estacionamento de centros comerciais sem existir grande necessidade para eles? Para quê o investimento na requalificação do jardim, que após as obras, ficou com a linda paisagem desoladora (e dispendiosa) de granito, água e sol, descartando toda a verdura? Porquê estas opções quando nem sequer existe um terminal de autocarros na cidade, limitando-se os passageiros a serem despejados numa rua que tresanda a frango assado, onde circula trânsito e em instalações decrépitas?

Os transportes deviam ser uma prioridade dos responsáveis autárquicos da cidade. Não adianta muito investir em milhares de euros para melhorar a aparência da cidade e não resolver situações incómodas e embaraçosas. Com exemplos destes, a cidade parece alguém que troca todos os dias de camisa, mas não se dá ao trabalho de lavar a roupa interior.

17 julho 2006

Opinião: O simbolismo também conta?

Na passada sexta-feira, em plena canícula nocturna alcainense, tomaram posse os novos órgãos sociais para mais uma época desportiva do Clube Desportivo de Alcains. Francisco Lopes, com muita abnegação e com algum sacrifício pessoal, vai continuar a dirigir os destinos daquele que, há não muito tempo, foi das mais representativas agremiações desportivas do nosso Distrito.
Não é preciso fazer muito esforço para nos lembrarmos quão conturbados foram os últimos tempos desta importante colectividade alcainense. Assim, só por este facto, a decisão de Francisco Lopes merece todos os encómios. Mas, parafraseando Gabriel Garcia Marquez, como a morte não chega com a velhice, mas com o esquecimento, relembro que o CDA vai disputar a 1ª divisão regional no escalão sénior, vai competir em apenas três escalões no futebol jovem e que, há dois anos, passou pela profunda humilhação e pelo enorme processo traumático de desistência de uma competição nacional onde estava legitimamente inscrito.
Sem querer "chover no molhado", não abordarei ora o comportamento das pessoas que foram eleitas pelo povo para administar politicamente o dinheiro de todos nós, as suas acções e omissões que então levaram a tão triste desfecho. Talvez numa outra oportunidade expressarei publicamente a minha opinião, sabendo de antemão que não ganharei muitos amigos por isso. Agora, o que me leva a escrever estas linhas prende-se com uma simples questão: custava muito haver um representante da Junta de Freguesia, um da Assembleia de Freguesia e, até, da Câmara Municipal e Assembleia Municipal num acto solene de primordial importância para a vida de uma das mais importantes colectividades do concelho de Castelo Branco? Nada. Não custava nada, respondo eu prolepticamente. Adiantava alguma coisa? Nada.... Mas será que o simbolismo ainda conta? Conta e muito! Pelo menos, neste caso concreto, afastaria a ideia, já muito disseminada, que diz que os nossos autarcas reagem apenas. Não agem, porque, mandam os cânones, para agir é preciso ter projecto. Mas isso são as más línguas... eu, apesar das ilações que se podem retirar de certos factos, recuso-me a acreditar nisso...

13 julho 2006

Delphi de Castelo Branco pode sofrer efeitos colaterais com encerramento da Opel na Azambuja

Segundo a edição de hoje do «Diário Económico», as fábricas da Delphi em Castelo Branco e na Guarda poderão vir a sofrer consequências devido ao encerramento da unidade fabril da General Motors na Azambuja. De acordo com o artigo, a Delphi produz cablagens para o modelo da Opel, o Combo, que era produzido na Azambuja.


A notícia dá conta de que a Delphi já estava a reduzir pessoal e, com o encerramento da Opel, as fábricas de Castelo Branco e da Guarda tornar-se-ão ainda menos competitivas. No entanto, alguns funcionários da Delphi reagiram à notícia e afirmaram que aquelas unidades não produziam cablagens para o Opel Combo. No entanto, temem que este possa ser um pretexto da administração para reduzir ainda mais pessoal.

Volta a Portugal em Bicicleta acaba em Castelo Branco

Dia 15 de Agosto será a décima e última etapa da Volta a Portugal em Bicicleta. Trata-se de um contra-relógio individual, de 32 quilómetros, que ligará Idanha-a-Nova a Castelo Branco. A prova começa a 5 de Agosto em Portimão e passará pelo Alto da Senhora da Graça e pela Serra da Estrela. No entanto, e à semelhança do que aconteceu no ano passado, não haverá a mítica chegada à Torre.

14 junho 2006

Alergias levam crianças ao hospital

Trinta alunos, entre os 10 e os 13 anos, da escola do 2º ciclo de Alcains foram transportados para o Hospital Amato Lusitano, em Castelo Branco, por apresentarem reacções alérgicas. O incidente ocorreu terça-feira, pouco tempo depois da hora de almoço, e obrigou à presença de 24 bombeiros e 13 ambulâncias no local.

As crianças estão todas bem de saúde e suspeita-se que a causa da alergia tenha sido «mordidelas de insectos».

31 maio 2006

Campo de instrução de Montalvão pode ser alienado

O Governo pondera alienar imóveis militares. Uma das propriedades que está disponível para venda é o Campo de instrução de Montalvão, em Castelo Branco. O imóvel, com 172.570 metros quadrados, está avaliado em mais de 8,722 milhões de euros.

Na lista dos imóveis disponíveis constam cerca de 35 estrutras miltares. O Executivo pretende arrecadar mais de 100 milhões de euros com a venda de património da Defesa. O Campo de Montalvão é o quinto mais valioso da lista. O imóvel que vale mais dinheiro é a Quinta das Conchinhas em Lisboa (27.433.840 euros). A maior parte do património alienado servirá para empreendimentos urbanísticos.

26 maio 2006

Cavaco Silva visita distrito de Castelo Branco

O Presidente da República visitará terça-feira o concelho de Vila Velha de Ródão. A viagem está inserida no «Roteiro para a Inclusão». O objectivo é colocar a exclusão, o envelhecimento e a pobreza na agenda política nacional. Cavaco Silva já tinha abordado estes temas no discurso de 25 de Abril na Assembleia da República.

O «Roteiro para a Inclusão» começará segunda-feira em Alcoutim. Passará depois pelo distrito de Portalegre e terminará em Vila Velha de Ródão, onde o presidente se reunirá com autarcas do distrito. O concelho é o que apresenta a maior taxa de envelhecimento no país. Para cada 100 jovens até aos 14 anos existem 526 idosos.

25 maio 2006

Hospital Amato Lusitano certificado

O serviço de gastroenterologia foi certificado pela SGS Portugal. É o primeiro serviço deste género a ser distinguido. A unidade passará agora a contar com um manual de qualidade. O presidente do Conselho de Administração do Hospital Amato Lusitano, José Pires, referiu que o reconhecimento é uma prova que no Interior também existem serviços de qualidade.

José Pires referiu ainda que a administração do hospital pretende «transplantar este tipo de exemplo para outras especialidades, que haja serviços de excelência e não apenas os cuidados básicos nessas mesmas especialidades».

O serviço de gastroenterologia do hospital interna por ano 500 pacientes e consulta 2500. A unidade conta com sete médicos especialistas e 23 enfermeiros.

22 maio 2006

Opinião: Promoção da cultura em Alcains - 1.º passo.

Como é o meu primeiro texto no "notícias de Alcains", escolhi um tema que é notícia por não ser notícia. Passo a explicar: a notícia é que não existem espaços para divulgar os eventos culturais que, apesar de irregulares, ainda vão ocorrendo em Alcains. O velhinho cartaz nos cafés do costume resulta, bastas vezes, completamente inefeciente e os flyers e afins têm uma visibilidade bastante efémera.

Ora, quando associações ou mesmo as entidades que gerem o dinheiro de todos nós, resolvem organizar algum evento, para a promoção do mesmo têm de confinar-se ao "jornalismo de agência" da Reconquista, aos cartazes do costume e àquele pedaço de contraplacado que o grupo de teatro "a carroça" em boa hora deixou ficar no largo de Santo António. Penso que esta questão se resolveria com a colocação de uns "muppis" em 4 ou 5 pontos de Alcains, onde as entidades promotoras dos eventos pudessem colocar os seus cartazes, devidamente regulamentados (medidas certas para evitar disparidades) e, dessa forma, dar a conhecer a todos os que passam, de carro ou a pé, tais eventos. Seria uma óptima medida, a tomar pela Junta de Freguesia ou pela Câmara, que não será assim tão dispendiosa e que, para além dos seus efeitos informativos, embelezará a vila, dando-lhe um arzinho de modernidade que tanta falta lhe faz.

19 maio 2006

«Cães à solta» remodelam casa verde de Machado de Assis

A companhia de teatro alcainense estreia sábado o seu novo espectáculo, baseado na novela «O Alienista» de Machado de Assis. A adaptação feita pelo grupo pretende demonstrar que «a realidade é uma questão de perspectiva».

A narrativa de Machado de Assis conta a história de um médico que julga que todos os seus conterrâneos estão loucos, internando-os na casa verde para os curar. Mas talvez não sejam eles os loucos... talvez seja tudo uma questão de perspectiva.

Os actores da companhia de teatro vão entrar na casa verde . Mas também pode ser que sejam os espectadores a visitá-la, será tudo uma questão de perspectiva.

Por muitas perspectivas que se tenham, a realidade é que a peça estreia Sábado às 21:30 na sala de ensaios e representações dos Cães à Solta, na Casa do Povo de Alcains. Quem quiser revisitar a casa verde também o pode fazer dia 21 de Maio às 17 horas e dias 26 e 27 às 21:30.

Actores: Bruno Esteves , Daniela Simão , Eduarda Gordino , Mara Filomeno , João Alberto Soares , Nuno Leão , Nuno Pio , Ricardo Marques, Ricardo Martins Som : Luís Amaro Luz: Sérgio Lopes Fotografia : Paulo Costa Vídeo : Alexandre Banhudo Design Gráfico : Celso Lopes Produção : Milene Pio

18 maio 2006

«Primavera Musical» em Castelo Branco

A 28 de Maio inicia-se o 12º Festival Internacional de Música em Castelo Branco. O «Primavera Musical 2006» apresentará concertos, workshops e conferências.


No primeiro dia do evento pode assistir-se a obras de Schuman, Schoenberg e Mozart. Os concertos serão no Centro Artístico Albicastrense.


O dia 29 de Maio é dedicado ao compositor português Fernando Lopes Graça. Realizar-se-á uma conferência no Conservatório e poder-se-á assistir ao concerto «Canto de Amor e Morte».


A 30 de Maio é a vez do coordenador artístico do Centro de Belgais apresentar a obra para flauta «Índios, Burgueses e Samurais».


Três de Junho é o último dia do festival. A Associação Arco da Velha irá promover dois workshops: um de danças mirandesas e outro de percussão. O concerto de encerramento terá a participação do pianista António Rosado e de um quarteto de cordas. Interpretarão obras de Brahms e de Shostakovich.

Dois incêndios em S. Vicente da Beira

Os fogos foram nos lugares de Pereiros e de Rochas de Baixo. O alerta foi dado hoje por volta das 15:30. Para controlar as chamas o Centro Nacional de Operações e Socorro (CNOS) colocou 50 bombeiros, 12 viaturas e um meio aéreo.

Os incêndios ficaram controlados por volta das 18 horas. Também em Cebolais de Baixo e em Malpica do Tejo houve incêndios, mas de pequenas dimensões.

16 maio 2006

Castelo Branco é dos distritos com menos mortos nas estradas

Desde Janeiro já morreram seis pessoas nas estradas do distrito de Castelo Branco. Os números são da Direcção Geral de Viação. Este ano já perderam a vida em acidentes rodoviários no país 284 pessoas. Em igual período do ano passado a sinistralidade tinha feito 388 vítimas.

O distrito com mais mortos, 32, é o de Setúbal. Bragança e Guarda foi onde menos pessoas morreram nas estradas. Cinco vítimas em cada distrito.

14 maio 2006

Entrega de prémios do «Jogo do Hemiciclo»

A Escola Secundária de Alcains recebeu ,na passada sexta-feira, o prémio referente à vitória no «Jogo do Hemiciclo». A cerimónia contou com a presença do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Laurentino Dias, e decorreu no auditório do IPJ em Castelo Branco.

Laurentino Dias pediu publicamente desculpas a uma professora da Escola Secundária de Alcains com problemas de mobilidade. O motivo foi a falta de estruturas adequadas a deficientes motores, o que impediu a docente de receber o prémio juntamente com os alunos. Laurentino Dias afirmou ainda que o Estado não cumpre a lei das acessibilidades a deficientes motores.

12 maio 2006

Prisão central de Castelo Branco abaixo da lotação

Das dezassete prisões centrais portuguesas, dez estão sobrelotadas. O estabelecimento prisonal central de Castelo Branco tem uma taxa de ocupação de 28,6 por cento. A prisão tem capacidade para 168 presos, mas só alberga 48. Seis estão em prisão preventiva.

No entanto, a prisão regional está sobrelotada. A taxa de ocupação é de 196,8 por cento. Existem 61 reclusos, sendo que a lotação da prisão é para 31 pessoas. Doze são reclusos preventivos.

Os dados são da Direcção Geral dos Seviços Prisionais e referem-se ao princípio de Maio. A média de ocupação nacional nas cadeias é de 105,1 por cento. No entanto, nos últimos anos a média tem descido. O estabelecimento mais lotado é o de Portimão, com uma taxa de ocupação de 253,7 por cento.

Um relatório americano, referente ao ano de 2005, concluía que as prisões em Portugal têm más condições. O estudo referia que um terço dos reclusos tinham hepatite. Constatava ainda que um em cada seis são seropositivos. A responsável pela Amnistia Internacional em Portugal culpa a sobrelotação das prisões pela propagação de doenças e violência nas prisões.

10 maio 2006

Todo Terreno em Castelo Branco

O rali TT Transibérico vai passar por Castelo Branco. Na próxima segunda feira os melhores pilotos do mundo vão conduzir na região. A prova conta para a Taça do Mundo de TT e está garantida a participação dos carros oficiais da Mitsubishi e da Volkswagen.

Em competição vão estar pilotos que foram estrelas no Dakar. Nani Roma, Luc Alphand e Giniel de Villiers são alguns dos nomes mais sonantes. Na zona de Castelo Branco são disputadas três classificativas. O percurso parte perto de Benquereças e termina junto da capital de distrito. Passa ainda por Vila Velha de Ródão.

06 maio 2006

Menos criminalidade no distrito de Castelo Branco

Em 2005, a taxa de criminalidade no distrito de Castelo Branco desceu 2,7 por cento. Os números são do Relatório Anual de Segurança Interna/2005. O distrito de Vila Real foi onde a taxa mais subiu (7,1 por cento), enquanto que a maior descida foi em Beja (14,2 por cento).

O relatório concluiu que em Portugal a criminalidade baixou 5,5 por cento, com menos 22.352 ocorrências que no ano de 2004.

03 maio 2006

Intercidades continuam na linha da Beira Baixa

A governadora civil de Castelo Branco, Alzira Serrasqueiro, discutiu com a Secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, a questão da continuidade do serviço Intercidades no distrito. O «Público», na sua edição de segunda-feira, noticiou que a CP pretendia acabar com os Intercidades para a Guarda e a Covilhã. O artigo referia ainda que os comboios com carruagens seriam substituídos por automotoras, e que iria efectuar-se um transbordo no Entroncamento.

Alzira Serrasqueiro falou com a Secretária de Estado que lhe garantiu que a suspensão do serviço Intercidades nunca esteve em causa. A governadora civil tinha desconfiado da notícia, fruto dos recentes investimentos feitos pelo governo na linha da Beira Baixa. A CP também desmentiu o artigo do Público.

A 15 de Julho de 2005 o primeiro-ministro, José Sócrates, inaugurou a electrificação da linha até Castelo Branco. Na altura, prometeu a continuação do investimento, estipulando como prazo para a remodelação o ano de 2007. Sócrates justificou a requalificação com a rapidez, segurança e conforto no transporte de passageiros.

Figuras da História de Portugal visitam Castelo Branco

A exposição «Museu de Cera - História de Portugal» pode ser visitada na sala polivalente do IPJ de Castelo Branco até dia 25 de Maio. Os visitantes podem ver reproduções de personagens como o Infante D. Henrique, Luís de Camões, Vasco da Gama ou do Marquês de Pombal.

São 40 figuras em tamanho real, controladas por computador, que retratam 17 momentos da história nacional. Os bonecos de cera vão interagir com o público e uma «voz off» irá explicar os momentos da história representados.

Para ver a exposição é necessário fazer marcação prévia e pagar um euro. As figuras foram concebidas pelo escultor e artista plástico Jorge Gameiro, responsável também pelo Museu da Cera de Fátima.

Dielmar veste jogadores de golfe

A empresa de confecções alcainense foi escolhida para equipar os jogadores de golfe que disputarão o Campeonato Nacional de Empresas Expresso Golf BPI 2006. A organizadora do evento, a Media Golf, quis que a Dielmar fosse parceira do evento. Na competição amadora vão participar 1700 jogadores, em representação de 365 empresas.

02 maio 2006

Alcains vence na última jornada

O Clube Desportivo de Alcains venceu o Escalos de Cima por 6-1. O jogo disputou-se no Campo de Jogos Trigueiros de Aragão. Foi a última jornada do campeonato da II divisão distrital de Castelo Branco.

O Alcains conquistou o título de campeão com sete pontos de vantagem sobre o segundo classificado, o clube de Póvoa de Rio de Moinhos. O vice-campeão foi à Lousa bater a União Lousense por 2-1.

28 abril 2006

«As Mãos de Abraão Zacut» em Coimbra

O grupo de teatro alcainense, «Cães à Solta», vai actuar em Coimbra no próximo Sábado. Em cena no Auditório do Inatel irá estar a peça «As Mãos de Abraão Zacut» de Luís de Stau Monteiro. A representação está agendada para as 21h30 e a entrada é gratuita.

A peça já foi representada pelos «Cães à Solta» seis vezes, destacando-se a presença no X Festival de Teatro da Universidade da Beira Interior. Cerca de 565 pessoas já assistiram ao espectáculo.

É a primeira vez que o grupo actua fora do distrito de Castelo Branco. A iniciativa tem o apoio da editora «Alma Azul».

«As Mãos de Abraão Zacut» conta a história de dez judeus. Recria a vida num campo de concentração. Aborda a condição do ser humano em situações desumanas. Até que ponto se pode ser humano quando se é «um número como todos os outros»?

As mãos de Abraão Zacut originam a luta pela liberdade.
A revolta faz com que se amaldiçoe tudo, até Deus.

27 abril 2006

Túnel da Gardunha considerado dos mais seguros da Europa

«Muito bom». Foi a classificação obtida pelo túnel da Gardunha em todos os aspectos avaliados. O estudo foi feito por uma organização alemã e englobou itens como o sistema de construção, a iluminação, as saídas de emergência, a protecção contra os incêndios e o controlo de tráfego.

O relatório revela ainda que no ano de 2005 o túnel era utilizado, em média, por 5.738 viaturas. Doze por cento destas eram veículos pesados. No mesmo período, nos 1,6 quilómetros da estrutura, aconteceram quatro acidentes e 62 avarias.

A organização alemã analisou 52 estrutras de 14 países. O túnel espanhol que liga Madrid ao aeroporto de Barajas foi considerado o melhor da Europa.

24 abril 2006

Alcains derrotado

O Clube Desportivo de Alcains deslocou-se ao terreno do segundo classificado, a Póvoa de Rio de Moinhos. A equipa de casa venceu por 1-0. Apesar da derrota, o Alcains já tinha garantido a conquista do título de campeão da II Divisão Distrital.

Na próxima jornada o Alcains recebe os Escalos de Cima, no último jogo da época.

Secundária de Alcains vence concurso

Uma ementa em braille. Foi este o projecto que os alunos alcainenses apresentaram no concurso «Escola Alerta». A ideia é sensibilizar os cidadãos para ajudar a melhorar a qualidade de vida da pessoa com deficiência. O prémio, uma medalha e 600€ em livros e material informático, foi entregue na passada sexta-feira.

O concurso recebeu trabalhos de escolas do distrito. Está inserido no programa nacional «Escola Aberta», criado pelo Secretariado de Reabilitação e Integração da Pessoa com Deficiência. O distrito de Castelo Branco foi o segundo do país com maior número de projectos, ultrapassado apenas pelo de Setúbal.

A cerimónia foi no edifício do Governo Civil. Houve alunos com deficiências que só conseguiram aceder ao local da entrega dos prémios com a ajuda de elementos da PSP. O acontecimento levou a que os estudantes confrontassem a governadora civil do distrito, Alzira Serrasqueiro, com a existência de barreiras arquitectónicas no edifícicio.

A governadora garantiu que no ano de 2007 as instalações do governo civil possuirão infra-estruturas que facilitem a mobilidade da pessoa com deficiência.

20 abril 2006

Região de Castelo Branco é das que tem supermercados mais baratos

Um estudo da revista Proteste revela que a região de Castelo Branco é a quarta com os supermercados mais baratos do país. Compras menos dispendiosas só nas regiões de Braga, Porto e Aveiro.

O estudo engloba o continente e as regiões autónomas. Revela ainda que os consumidores podem poupar até 1000 euros por ano caso saibam escolher os supermercados e os produtos mais baratos. Minipreço, Pingo Doce e Lidl são dos estabelecimentos menos caros.

Duas deputadas albicastrenses ausentes na votação de 12 de Abril

No dia 12 de Abril não houve votação na Assembleia da República por falta de quorum. Vinte e oito deputados faltaram e treze estavam em representação do país no estrangeiro. A juntar a estes há os 79 deputados que assinaram a folha de presenças mas não permaneceram no hemiciclo até ao final das votações. Apenas 110 deputados estiveram em S. Bento até ao final da sessão.

Dos cinco deputados eleitos por Castelo Branco, três estiveram presentes nas votações. É o caso de Vítor Pereira e Hortense Martins do PS e Ribeiro Cristóvão do PSD. As deputadas socialistas Maria Cidália Faustino e Telma Madaleno assinaram a folha de presenças, mas não estavam presentes na altura das votações.

19 abril 2006

Scutvias promove música clássica

A empresa concessionária da A23, Scutvias, vai organizar o "Festival de Música Clássica da Beira Interior". A iniciativa, com o apoio do Governo Civil de Castelo Branco, irá arrancar a 6 de Maio. Os concertos serão efectuados por elementos de quatro escolas musicais de Castelo Branco, Fundão e Guarda.

O festival começa 6 de Maio em Vila Velha de Ródão. A 13 de Maio o quarteto de clarinetes da Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco actua em Mação. O festival chega à Sé de Castelo Branco dia 27 de Maio e encerra a 4 de Junho na Covilhã.

18 abril 2006

Ciclo de cinema e The Legendary Tiger Man em Alcains

O "one man band", The Legendary Tiger Man, vai actuar em Alcains dia 22 de Abril às 22 horas. O fim de semana será também marcado pelo ciclo de cinema "Big Brother is watching you - O Mundo de George Orwell".

O evento principia na sexta feira, dia 21, com a exibição do filme "1984" de Michael Redford. No Sábado, momento alto do fim de semana, o Centro Cultural de Alcains recebe The Legendary Tiger Man. O artista irá apresentar o seu novo trabalho "Masquerade". Após o concerto, o "homem dos sete instrumentos" irá até ao bar Património, em Castelo Branco, para exibir os seus dotes de DJ. No Domingo irá ser exibido o filme "oscarizado" este ano - "Colisão", de Paul Haggis. O filme "Animal Farm - O triunfo dos porcos" será projectado segunda feira.


No dia 25 de Abril, e para comemorar 32 anos de liberdade, a Alzine (Associação Cultural Alcainense) irá promover actividades ao ar livre. Será efectuado um peddy paper, que irá pôr à prova a perícia dos participantes no tiro com arco e nos jogos tradicionais.

Notícias de Alcains

Partindo do princípio que quanto mais informação exisitir para a consulta do público melhor, foi criado este blog. Pretende actualizar as notícias sobre a região e analisar os temas da actualidade centrando o ângulo da informação na vila de Alcains e na região de Castelo Branco. Contamos com a contribuição de todos os que estejam interessados em garantir uma melhor informação sobre a zona.